Investigador e Detetive: Qual é a diferença?

Investigador e Detetive: Qual é a diferença?

O detetive particular é um profissional que atua de forma autônoma, em uma agência ou em uma empresa sob demanda para os clientes que os contratam com o objetivo de revelar casos de adultério, encontrar familiares desaparecidos, realizar contra espionagem e eventualmente auxiliar a desvendar algum crime crime.

Principais diferenças entre um detetive x investigador

O detetive particular é um profissional que atua de forma autônoma, em uma agência ou em uma empresa sob demanda para os clientes que os contratam com o objetivo de revelar casos de adultério, encontrar familiares desaparecidos, realizar contra espionagem e eventualmente auxiliar a desvendar algum crime crime.

Já o investigador, é um profissional do servidor público concursado que atua na Polícia Civil ou Federal. Como mencionamos acima, o detetive particular até pode colaborar com uma investigação policial, mas isso irá depender da autorização do cliente e do consentimento do delegado responsável pelo caso. 

O prazo de uma investigação particular também é diferente de uma investigação conjugal ou criminal. Em investigações empresariais, por exemplo, o detetive particular leva de 7 a 11 dias em média para coletar todas as provas e apresentar o resultado ao cliente. Já o investigador público tem em média de 30 a 60 dias para levantar provas, informações sobre as vítimas, entrevistar testemunhas e determinar um possível culpado. Vale ressaltar que os dias podem mudar de acordo a cada caso. 

Por que escolher um Detetive Particular?

O Detetive Particular é um profissional contratado para realizar vários tipos de investigações. Ele é responsável por investigar, perseguir e flagrar praticamente qualquer tipo de situação. No entanto, este profissional deve seguir à risca um código de ética e conduta para que a sua identidade seja preservada e para que o cliente que o contratou não sofra retaliações, independentemente do tipo de investigação que está sendo realizada.

Neste caso, o investigador particular utiliza uma série de recursos, como, por exemplo, aparelhos tecnológicos que rastreiam a localização, além de fazerem a escuta e registros de imagens. Além disso, ele precisa ter uma boa memória para se recordar de nomes, rostos e fatos.

É importante ressaltar que o Detetive Particular não pode realizar julgamentos ou dar voz de prisão aos suspeitos, mesmo que ele tenha presenciado um crime. Em casos como esse, é preciso chamar a polícia e ficar à disposição para continuar a colaboração e o serviço para o cliente.

Conheça a Elite Detetives

A Elite Detetives está no mercado há mais de 20 anos atendendo e solucionando casos de muita relevância, tendo assim uma sólida experiência em investigação particular. Conte conosco para investigar por você.

Nossa equipe de detetives particulares irá resolver seu caso, trabalhamos com investigação conjugal, empresarial, familiar, entre outros. Portanto, entre em contato e faça já seu orçamento.

Acabe com suas suspeitas
Whatsapp
Nós te Ligamos Mande um Whatsapp