Como encontrar pessoas desaparecidas?

O detetive particular é um profissional quase sempre associado à descoberta de casos extraconjugais ou de fraudes empresariais. Contudo, a investigação particular também pode ser útil para localizar pessoas desaparecidas.

Familiares, amigos ou colegas que, de uma hora para outra, desparecem sem notícias causam muita angústia e aflição, pois não se sabe o que pode ter acontecido. A localização de pessoas também é útil em casos de pessoas que, propositalmente, se afastaram sem deixar vestígios, como é o caso de indivíduos que não desejam assumir a paternidade dos filhos, ou mesmo de golpistas – pessoas que recebem adiantamentos antes de prestar algum serviço e simplesmente desaparecem, podendo causar grandes prejuízos financeiros a pessoas ou corporações.

Como o detetive particular ajuda nesses casos?

Da mesma forma que esse profissional procura provas para confirmar traições, por exemplo, ele também se utiliza das tecnologias das quais dispõe para obter pistas que indiquem os porquês desse desaparecimento e qual é o atual paradeiro do indivíduo.

No caso de amigos ou familiares, o profissional precisa coletar, com a família e com os amigos, os dados pessoais, hábitos, locais frequentados e possíveis motivos que levariam o indivíduo a desaparecer. A suspeita de sequestros é forte na maioria dos casos, especialmente nas cidades de maior porte e grande quantidade de habitantes.

Informações a serem obtidas

Nome completo, telefones e endereço são os primeiros dados a serem levantados. Além disso, o detetive também precisa de descrições físicas, de preferência com fotografias (recentes, se possível) ou vídeos com o indivíduo desaparecido, para que seja mais fácil de encontrá-lo. Os últimos locais em que a pessoa foi vista podem ser informações valiosas, pois servem como ponto de partida para as investigações.

Esperanças

Em linhas gerais, vale a já conhecida informação de que as primeiras 48 horas são decisivas no processo investigativo. Por isso, contatar o detetive particular o quanto antes é essencial. O velho ditado de que “a esperança é a última que morre” é válido nos casos de desparecimento de pessoas. No entanto, se faz necessário ressaltar que nem sempre os finais são felizes, ou seja, a pessoa pode ser localizada já sem vida.

Quanto à duração do processo investigativo, também é difícil especificar um prazo definido. Cada caso é um caso, e as circunstâncias podem diferir bastante. Há casos que podem ser solucionados em menos de 24 horas, mas há outros bem mais demorados. Quanto mais cedo a ajuda profissional for solicitada e quanto mais informações forem disponibilizadas ao detetive particular, maiores são as chances de reencontrar o indivíduo num prazo mais curto.

Contrato

É essencial que seja contratado um profissional de confiança, com experiência e toda a infraestrutura necessária para conduzir o processo investigativo. Para assegurar a confiabilidade do profissional, é necessário que seja realizado um contrato, oficializando a prestação de serviços. O cliente acompanha todo o processo de forma transparente. Ao localizar a pessoa desaparecida, o trabalho do detetive particular é encerrado, e todas as pessoas envolvidas estão livres para esclarecerem tudo aquilo que ficou pendente.

Related Post

  • Nós te Retornamos

    Mande um Whatsapp