Investigação de paternidade – Como é feita?

“Quem é o meu pai?”, se você tem se feito essa pergunta ao longo da vida ou se conhece alguém que esteja se fazendo, contratar um detetive particular pode ser a melhor maneira para achar essa resposta! Muitas pessoas já adultas podem optar por ir em busca de suas raízes.

São muitos os motivos pelos quais uma pessoa acaba não conhecendo seu pai. Ainda assim, o direito de ter tal reconhecimento lhe é garantido sem prazo máximo – a não ser em caso do pai já ter falecido.

Quer entender como um detetive particular pode ajudar nesse processe de investigação de paternidade? Confira mais informações a seguir!

Detetive particular pode investigar a paternidade?

Não só pode como deve, e é um dos profissionais mais contratados para resolver tais casos e localizar pais que “despareceram”. O detetive particular atua em diferentes áreas e na investigação de paternidade também tem excelentes resultados.

Seu foco é trabalhar baseado em informações preliminares, que vão ganhando forma conforme as suas pesquisas e avaliações avançam.

São muitos os casos de pessoas que contrataram um detetive particular para conhecer os pais biológicos – como no caso de pessoas adotadas, por exemplo. Também não são poucos os casos em que esta busca se deve ao fato de o pai ter sumido no mundo para não arcar com suas responsabilidades.

A investigação de paternidade, vale destacar, é especializada na procura pelo pai que não está registrado em documento comprovatório – a certidão de nascimento. Quando em idade inferior a 24 anos, essa busca pode ser utilizada para ajuda de custos, desde que o filho seja universitário. Nos casos em que a idade é superior à anteriormente citada, as obrigações do pai se resumem ao direito de ter parte na herança.

As 3 bases do trabalho de um detetive particular:

Sabe quais são as bases que nortearão o trabalho do detetive particular em uma investigação de paternidade? Confira:

• Extrema confiabilidade
Experiência e conhecimento na área com certeza são marcas que devem estar presentes na hora de contratar um detetive particular para este fim. Também exija a confecção de um contrato detalhado, para que tudo fique bastante claro no quesito segurança e comprometimento. Lembre-se de que a investigação de paternidade é algo bem sério e que, portanto, merece ter uma pessoa confiável para dar continuidade às pesquisas e averiguações que possibilitam que pai e filho se reencontrem.

• Muita cautela
A investigação de paternidade é algo que requer muitos cuidados, por interferir diretamente na vida de muitas pessoas. Não apenas o filho, ou a mãe, que contratam o detetive particular, mas todos que estão envolvidos de alguma forma precisam de discrição e sigilo.

A cautela é uma palavra que resume bem as qualidades e as características de profissionais que atuam na área, sendo assim, não exija menos do que isso no momento da contratação.

• Número de informações
Por fim, é claro que não tem como falar em bases de uma investigação de paternidade sem falar na importância das informações. Todas, por menores que sejam – mesmo que meros detalhes – devem ser repassadas para o detetive particular.

O começo do trabalhado do detetive consiste justamente nessas informações fornecidas pelo cliente. Portanto, procure coletar e comunicar o máximo possível de dados na contratação da investigação de paternidade.

Os passos para a investigação de paternidade

Antes de encerrar o conteúdo deste artigo, é importante ressaltar que o procedimento que dá espaço ao reconhecimento de um filho pode ser iniciado na justiça, quando o suposto pai se nega a reconhecer em cartório o nascimento da criança.

O processo é longo e costuma durar até mesmo anos, uma vez que é essencial que seja feito o exame biológico que confirme a paternidade – o DNA.

Uma vez realizado o teste, o resultado não deixa dúvidas sobre a filiação e, ao pai, fica fadada a sua obrigação em fazer o devido registro, além de arcar com suas obrigações, tanto financeiras quanto emocionais.

O detetive particular deve ser requerido nos casos em que não se sabe o paradeiro do pai. Isso é comum quando o pai abandona a família ou quando a mãe não sabe quem é o pai de seu filho. Qual é o seu caso? Aproveite para entrar em contato e saiba mais!

Related Post

Nós te Ligamos Mande um Whatsapp