Traição na terceira idade existe?

A ideia de que a pessoa que você ama está traindo sua confiança e se envolvendo em um encontro íntimo com outra pessoa é emocionalmente devastadora. E, para muita gente, quando o assunto é infidelidade, a primeira coisa que vem à cabeça são pessoas mais novas, com os hormônios à flor da pele. No entanto, embora entre casais idosos seja esperado somente amor, companheirismo e fidelidade, a traição na terceira idade também existe sim, não sendo exclusividade dos jovens. 

 

Por mais que seja difícil e bastante delicado descobrir uma traição, principalmente em relacionamentos mais longos, é normal que muitas pessoas prefiram saber logo da verdade. Dessa forma, é possível tirar um peso do peito que pode ser causado pelas suspeitas de estar sendo traído. Por esse motivo, a procura por um detetive particular, para realizar uma investigação conjugal, está aumentando bastante entre casais da terceira idade

 

Por que a traição na terceira idade está se tornando cada vez mais comum?

Não há nenhum motivo concreto que explique o aumento de casos de infidelidade entre os casais idosos, mas ao mesmo tempo, há muita especulação. Tem muita gente que acredita que a acessibilidade e a disponibilidade de diversos medicamentos para disfunção erétil pode ter tornado possível uma vida sexual mais ativa para muitos idosos e, consequentemente, possibilitado o surgimento de casos extraconjugais. Outra sugestão é que a modernidade e o consequente distanciamento do conservadorismo permitiu uma descoberta sexual própria e tardia, o que leva à traição na terceira idade. 

 

A internet também entra como um fator a ser destacado, pois tornou muito mais amplas as opções de uma traição na terceira idade. O avanço tecnológico facilitou até mesmo para conhecer pessoas novas. Algo extremamente diferente de como era anos atrás, em que ter um caso extraconjugal significava basicamente reuniões clandestinas com uma secretária depois do trabalho, por exemplo, com o pretexto de “trabalhar até tarde”.  Mas, comumente, um motivo bastante citado pela maioria das pessoas quando o assunto é traição na terceira idade, é:

 

Relacionamentos que caem na rotina e levam à infidelidade entre casais idosos

Sim, a mesmice e a rotina de um relacionamento de tantos anos ainda são apontadas como o principal motivo que levam as pessoas da terceira idade à serem infiéis. Isto é, enquanto um casamento baseado na cumplicidade é satisfatório para alguns casais da terceira idade, outros almejam mais ação e, por esse motivo, um dos parceiros pode acabar cometendo adultério. 

 

Neste quesito, outro fato que influencia na infidelidade é a falta de atividade sexual. Afinal, com o passar do tempo, é natural que os casais idosos acabem diminuindo a frequência sexual e, em alguns casos, ocorre até de haver perda de interesse sexual pelo parceiro ou parceira. Contudo, independente do porquê a traição na terceira idade está ocorrendo, uma investigação conjugal pode ser realizada por um detetive particular para que você possa ter provas que confirmem ou refutem as suas suspeitas.

 

Como descobrir uma traição na terceira idade?

Parece até difícil de acreditar a traição na terceira idade seja algo tão frequente atualmente, mas esse é um fato que tem se comprovado dia após dia. Inclusive, segundo uma pesquisa realizada pelo site Second Love, em 2019 a procura por relacionamentos extraconjugais entre pessoas com idade entre 50 e 70 anos cresceu 20%. 

 

As separações dos casais da terceira idade também estão aumentando, já que de acordo com o IBGE, a média de divórcios entre pessoas acima dos 50 anos quase dobrou nos últimos 10 anos. Isso significa que cada vez mais casamentos longevos estão chegando ao fim, e uma das principais causas disso é o adultério.

 

Os indícios de infidelidade entre casais idosos são os mesmos de um caso extraconjugal cometido na juventude. Isso porque o tempo de relacionamento e a idade da pessoa que está traindo não costuma mudar em nada os sinais de um adultério. Para descobrir uma traição na terceira idade, portanto, uma das práticas mais comuns é simplesmente observar o seu parceiro ou parceira. 

 

Afinal, esses indícios nem sempre significam que o seu cônjuge chegará em casa tarde da noite com o cheiro de perfume de outra pessoa; muitas vezes, na verdade, eles são bastante sutis. Por esse motivo, atente-se:

 

Mudanças de aparência, discurso, estilo de vida e rotina

Quando as pessoas traem, elas tendem a ficar mais conscientes de sua aparência. E, quando se trata de traição na terceira idade, é comum a busca pela jovialidade. Isso pode significar desde uma mudança de corte de cabelo ou penteado até a renovação completa do guarda-roupa, com diferentes peças que antes o cônjuge não costumava usar. As suspeitas podem aumentar mais quando o parceiro ainda muda seu discurso e seu estilo de vida e, de repente, começa a faltar em compromissos, por exemplo. 

 

Tudo isso, se for acompanhado também de uma mudança de hábitos e horários, pode levantar a bandeira vermelha de que algo pode estar errado. Viagens repentinas e a necessidade de ficar até mais tarde no trabalho podem ser as desculpas utilizadas para encobrir a traição.

 

Obsessão repentina com celular e redes sociais

É normal que pessoas mais velhas não estejam acostumadas a estarem conectadas à internet o tempo inteiro. Por isso, se houver uma obsessão repentina com o celular e as redes sociais, é importante ficar de olho nisso e saber que existe a possibilidade de algo estranho estar acontecendo. Além disso, a proteção excessiva com celulares e computadores é um típico sinal de quem está tentando esconder algo.

 

Assim, se antes o seu parceiro ou parceira não se importava em estar conectado e, de uma hora para outra, passa a carregar sempre o celular consigo, até mesmo quando vai ao banheiro, pode ser um indício de traição na terceira idade. O mesmo vale para se, de repente, ele(a) está constantemente enviando mensagens de texto.

 

Linguagem corporal também pode ser um sinal de traição na terceira idade

A linguagem corporal de uma pessoa pode dizer muito mais sobre o que está acontecendo do que as palavras que saem de sua boca. Por isso, embora a linguagem corporal possa ser interpretada de várias maneiras, ela também pode apresentar algumas bandeiras vermelhas se você está suspeitando de uma traição na terceira idade. Por exemplo:

 

Sem contato visual ou muito contato visual

A falta de contato visual é uma indicação bastante comum de que alguém está sendo desonesto. Portanto, se você tem desconfianças, tente fazer perguntas diretas, especialmente sobre o paradeiro do cônjuge e note se ele desvia o olhar. Se ele estiver mentindo, provavelmente irá se recusar a olhar em seus olhos, além de tentarem mudar de assunto ou começar uma briga para fugir da pergunta.

 

O contrário também pode ser um sinal de traição, como quando você questiona o seu parceiro ou parceira sobre onde ele(a) estava e percebe um contato visual excessivo. Se ele(a) está olhando nos seus olhos durante um bom tempo, ao ponto até de você se sentir desconfortável, é uma boa aposta que ele esteja escondendo alguma coisa. Essa é uma tática muitas vezes utilizadas para tentar te lembrar do vínculo que vocês dois compartilham, mas não se deixe levar pelo momento.

 

Expressões faciais e gestos exagerados

Ao questionar sobre seu paradeiro, preste atenção à forma como ele reage, principalmente enquanto estiver respondendo. Expressões faciais exageradas e gestos com as mãos não são necessários para uma história simples, a menos que cônjuge esteja tentando fazer um show para você.

 

Preste atenção ao seu fluxo normal de conversa em comparação com agora. Se houver uma diferença significativa, é uma boa aposta que seu parceiro esteja tentando convencê-lo de algo com o trabalho de ator.

 

Esquivando-se de contato físico

Demonstrações de afeto, principalmente em público são uma das maiores formas  que os casais idosos encontram para demonstrar amor um pelo outro. Não é surpresa, então, que sua ausência deva soar todos os tipos de alarmes de relacionamento. É importante perceber, no entanto, se esse comportamento é recente ou se o parceiro ou parceira sempre evitou contato físico em público. 

 

Esquivar-se de situações de contato pode ser algo bem perceptível ou até mesmo sutil, com desvencilhar-se delicadamente de um abraço, por exemplo.

 

Sinais de nervosismo

Depois de tantos anos de relacionamento, é normal que os casais idosos se sintam confortáveis para conversar um com o outro. Contudo, quando a outra pessoa está escondendo algo, é possível observar hábitos incomuns e, que muitas vezes, podem ser até inconscientes, mas que indicam que algo está errado. 

 

Portanto, se quando você fala, o seu parceiro balança para frente e para trás, por exemplo, isso pode ser um indicativo de que ele está nervoso ao seu redor. Consequentemente, pode-se imaginar que esteja mentindo ou escondendo algo.

 

Contrate um detetive particular para descobrir uma traição na terceira idade

Ter a suspeita de uma traição na terceira idade, independente dos motivos ou se o cônjuge deu sinais para isso ou não, já é um indicativo de que você deva procurar por um detetive particular. Aliás, essa é um dos melhores modos de descobrir se está realmente havendo adultério dentro do relacionamento. Esse profissional faz uso de técnicas e metodologias especiais durante a investigação conjugal, a fim de obter provas que possam comprovar se você está sendo traído(a) mesmo ou não. 

 

Muitas pessoas com mais idade têm receio de fazê-lo, pois existe a preocupação do outro descobrir e acabar com um casamento tão longo, sem que realmente haja um caso de infidelidade. Além disso, normalmente existem outras pessoas envolvidas, como filhos e netos. Mas é importante saber que todo o processo investigativo é conduzido de forma sigilosa e discreta, para que o seu parceiro ou parceira não descubra. Da mesma forma, também não levantará desconfianças por parte da sua família.

Suspeita de uma traição na terceira idade? Conte com a Elite Detetives!

A Elite Detetives vem há mais de 20 anos realizando serviços de investigação conjugal com sigilo e descrição, sempre pautados pelas leis vigentes e pelo código de ética da profissão. Nossa equipe de detetives particulares te ajudarão a conseguir evidências que possam de uma vez por todas tirar as dúvidas da sua cabeça, comprovando ou refutando a suspeita de traição na terceira idade. 

Para isso, contamos com vasta experiência em investigação conjugal e investimos constantemente em equipamentos de ponta, como câmeras fotográficas, de vídeo e gravadores, por exemplo, para auxiliar os detetives em todo o processo investigativo.

Acabe com suas suspeitas
Whatsapp
Nós te Ligamos Mande um Whatsapp