Telefone:

71 3042.0062

Fechar

Investigação Empresarial: O perigo mora ao lado

Investigação empresarial, talvez seja a parte da investigação, que mais contém dinheiro envolvido e muito mais comum do que se imagina. Os motivos podem ser variados, tais como: vingança, prejudicar o concorrente, roubar dados, dentre outros.  
Casos de Investigação empresarial são comuns no Brasil.
Casos de Investigação empresarial são comuns no Brasil.
Para exemplificar, podemos pegar o exemplo daqueles casos que envolvem pessoas de dentro da empresa ou que já passaram por lá. Segundo pesquisas 80% dos casos com fraudes ou roubos de empresas tem relação ou foram cometidos por quem está dentro da própria instituição. Porém, não podemos dizer que esses números são exclusivamente de funcionários atuais. Muitas vezes, ex-funcionários trabalham com o objetivo de prejudicar a empresa, seja por vingança por ser demitido ou por desavenças pessoais com o antigo patrão. Mas isto, quem poderá apontar será o detetive, através de sua capacidade de localização de pistas e respostas para solucionar o caso.   Desmembrando um pouco mais esses 80%, chegamos aos números percentuais de participação de funcionários internos. A mesma pesquisa apresenta que 81% dos casos envolve pelo menos uma pessoa. 36% sofreram com problemas com pessoas do alto escalão, como gerentes seniores ou plenos. Já 45% foram cometidos por trabalhadores de nível júnior.  Finalizando, 23% foram realizadas por algum intermediário ou representante.  

Motivos que levam a fraude dos funcionários

Apresentados os valores em porcentagem, vamos aprofundar um pouco mais nos reais motivos que levam alguém a querer fazer mal para a empresa. Normalmente, esses casos acontecem, quando algum problema não resolvido no dia a dia ou algum estresse ocasionado na empresa é muito mal administrado. É um erro, porque funcionário feliz, o ambiente e o próprio trabalho rendem mais, mas se acontece ao contrário, pode causar sérios problemas a empresa.  
Demissão injusta.
Demissão pode ser um fator.
Vingança seria um outro ótimo tópico a abordar, porque está  intimamente  ligada com o primeiro caso. Muitos problemas não  resolvidos ou uma  demissão mal explicada, podem causar uma ira do  funcionário, que resolve  agir, apenas com o intuito de causar um  prejuízo ou danos ao seu chefe.  Acredito que esses dois exemplos,  demonstrem bem, como esses casos de  fraudes podem ser mais comuns  do que se pensa.  

Fatos da vida real

Costumeiramente, quem assiste televisão ou abre um jornal ou portal para ler, já deve ter percebido que muitos casos de roubos em empresas são resolvidos rapidamente e para a surpresa de todos, o tal roubo ou fraude foi cometido por um funcionário, ou, principalmente, um ex-funcionário. Inúmeros casos, poderíamos citar vários, mas atentemos ao modo como um detetive precisa agir.  
Investigação de um detetive.
Detetives são importantes para resolver esse tipo de caso.
Um detetive que cuida da Investigação empresarial, normalmente está    preparado para investigar um funcionário ou alguns deles, através de    tempo na empresa, busca pelo perfil e estilo do investigado. Tudo com o  objetivo de se chegar a algum lugar.   Durante a sua investigação, um detetive está muito bem preparado    tecnologicamente, de treinamento, afinal sem isso, ele estaria em  apuros  para resolver e não seria muito procurado para esse tipo de  caso, pois  como dito anteriormente, pode envolver mais de uma pessoa  e precisa ser  tudo muito bem feito para não ser descoberto e se chegar a uma conclusão. Coisas bem de filme mesmo, mas um filme da vida real.  

Related Post

  • Nós te Retornamos

    Mande um Whatsapp